Programa promove troca de experiências entre moradores de periferias do Rio e jovens americanos

Iniciativa da ONG Cedaps reunirá 8 jovens cariocas em um intercâmbio para desenvolvimento profissional e pessoal em Massachusetts

Com data de embarque prevista para o próximo domingo, 15 de julho, o “Intercâmbio YouthBuild – Boston e Rio de Janeiro” reúne oito jovens de favelas do Rio para uma temporada de imersão e troca de experiências em Massachusetts, nos Estados Unidos. O projeto faz parte do Jovens Construtores, cujo objetivo é oferecer formação profissional nas áreas de construção civil, elétrica e telecomunicações a jovens moradores de favelas.

Além de conhecerem a sede da YouthBuild e Universidade de Harvard, os integrantes do intercâmbio ainda passarão por diversos pontos turísticos do estado norte-americano. Em 2017, o Rio de Janeiro recebeu doze participantes dos Jovens Construtores de Boston. Os jovens tiveram a oportunidade de visitar locais cariocas famosos. Outro ponto importante foi a oportunidade de realizar atividades de ativos comunitários, onde eles colocam em prática todo conteúdo teórico das aulas e promovem uma integração e troca de conhecimentos com os moradores locais. Desta vez, os alunos americanos serão os anfitriões para receber os brasileiros.

Teste 2

O clima de expectativa para a viagem é grande. A estudante Pâmella Gabriel, de 19 anos e moradora da comunidade da Quitanda, na Pavuna, comenta que é a primeira viagem que fará e pretende aproveitar a oportunidade para criar vínculos com pessoas de fora.

Eu vou ter uma experiência nova e vou compartilhar a minha vivência com os moradores lá. A minha expectativa é que eu adquira conhecimento e faça muitos contatos. Eu quero fazer publicidade e acho que Boston é um dos lugares que vai me inspirar na vida acadêmica”, acrescentou.

O programa é da empresa americana YouthBuild International e financiado pela Fish Family Foundation. No Brasil, o Centro de Promoção da Saúde (CEDAPS) é o responsável pela implantação desde 2009. O projeto Jovens Construtores já foi realizado em comunidades como 29 de Março, Complexo do Alemão, Morro dos Prazeres, Borel e Cidade de Deus.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]