Espaço Arlindo Cruz leva cultura para Zona Oeste

Foto: Matheus Mesquita
Foto: Matheus Mesquita

Por: Jeferson Baptista e Alessandra Caldes – Foto: Matheus Mesquita


Espaço foi inaugurado em 2014, atendendo crianças, jovens e adultos

O Espaço Cultural Arlindo Cruz, localizado em Realengo na zona oeste do Rio de Janeiro, está cheio de novidades para os moradores das comunidades da redondeza. Com a intenção de trazer mais entretenimento e cultura para o bairro, o Espaço foi inaugurado em 2014, atendendo crianças, jovens e adultos das comunidades de Realengo, Bangu, Padre Miguel, Campo Grande e adjacências.

Para o ano de 2018, o Espaço conta com a gestão de Sérgio Abrahão e tem como novidade a coordenação de Rudson Martins, diretor de teatro e morador da Vila Vintém.

Teste 2

“Meu principal objetivo é trazer para a zona oeste as oportunidades que eu não tive aqui na minha carreira artística, fazendo com que esses alunos tenham experiências culturais e possam levar isso para sua vida profissional”, explica Rudson Martins. O local conta com um calendário de atividades a preços populares, incluindo oficinas de violão (professor Marcos), Dança de Salão (professor Max), Teatro (professor Rudson Martins), cavaquinho (professor Bruno) e ginástica (professor Robson).

As inscrições são feitas na Secretaria do Espaço, que fica na Rua Marechal Joaquim Inácio – s /n, em Realengo, de 10h às 17h.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]