Coro Voz do Rio de Janeiro: conheça histórias de luta e superação através do canto

O Bruno Oliveira, idealizador do projeto, convocou pela sua rede social pessoas que tinham interesse em fazer um curso gratuito de formação em canto com ênfase em Anatomia e Fisiologia Vocal, onde após a conclusão do curso eles formaram um coro com integrantes moradores de comunidades do Estado do Rio de Janeiro.

O coro se reunia em um estúdio no Bairro Guadalupe que o Produtor Bruno Oliveira alugava e bancava. No segundo mês, alguns integrantes ajudaram com 30 reais mensais até Julho de 2017 e cada um pagava seu transporte para chegar no local do ensaio.

O obstáculo maior para o coro era pagar um local para ensaio, mas com a ajuda do Departamento de Cultura da Prefeitura do Rio, que cedeu um local em Madureira, o produtor não precisará mais pagar local e essa barreira foi vencida.

“Atualmente o coro conta com 28 integrantes. As apresentações ainda não são frequentes, aos poucos o projeto vai ganhando visibilidade e sendo convidado a se apresentar. O objetivo do coro é realizar o máximo de apresentações no Rio de Janeiro, para então nos tornarmos, de fato conhecidos no Estado já que representaremos em todo lugar sendo a Voz do Rio através da arte”, contou Bruno, o idealizador.

Teste 2

Nos próximos dias 03 e 05 de abril, o coro fará apresentações no Circo Voador, na Rua dos Arcos – na Lapa, para o evento Rio + Jovem Festival, realizado pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

História de superação:

Kelly Monter, foi escolhida entre de 1200 pessoas para integrar o projeto e era um sonho trabalhar com o Bruno Oliveira pelo trabalho que tem seu destaque na área vocal. Com a integração ao projeto ela voltou a acreditar nos seus sonhos na área da música e nos seu potencial. Hoje, Kelly se formou em Direito e já atua, tem sua OAB. Graças ao coro ela se integrou a música, gravou seu CD e tem se apresentado.

Julia Gomes, suas influencias musicais são do gospel e experiências de se apresentar somente em igrejas, onde nunca imaginou cantar para uma plateia e sua primeira apresentação foi solando Happy Day, uma música que marcou a vida dela no palco do Paris 6 Burlesk em São Paulo, sendo umas das casas de shows mais requintadas de São Paulo.

Neyriellen, começou a cantar desde pequena e iniciou seus trabalhos com música cristã e logo após cantou com vários artistas renomados, mas tinha vontade de fazer um trabalho social e hoje através do curso de formação em Anatomia ela é coordenadora do projeto Playforchange Rio que é uma projeto social que atende crianças carentes e é proprietária de uma escola de música denominada Alfa Music, que fica localizada em um ponto nobre do Rj, que era um sonho de criança e se realizou. Ela viaja com o coro para apresentações e isso tem gerando um currículum incrível a ela.

Para conhecer mais o coro, acesse a página no Facebook:

https://www.facebook.com/corovozdorj/

   Coro Voz do Rio de Janeiro ensaiando hino nacional

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]