Professor é morto com tiro na cabeça no Complexo do Alemão

O professor de artes marciais Jean Rodriguo da Silva Aldrovande, mestre da escola Maneco Team, foi morto na tarde de hoje com um tiro na cabeça durante um intenso tiroteio que surpreendeu moradores na entrada da Relicário, no Complexo do Alemão.

“Ele era um cara maravilhoso, ia participar de uma competição em Juiz de Fora, além de disputar o torneio do SESI e um campeonato brasileiro no próximo dia 25”, conta um amigo e vizinho do projeto.

De acordo com moradores, Jean, que seguia um dieta firme e estava focado nos treinos, caminhava em direção a escola de artes marciais onde era funcionário contratado pelo Ministério do Esporte quando foi baleado e morreu na hora.

Teste 2

A família do atleta encaminhou o recibo de pagamento de salário para evitar especulações e acusações indevidas.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]