Paulo Vilhena no Complexo do Alemão

O ator Paulinho Vilhena será o convidado para a Oficina do Educativo Tela Brasil, que está rolando no Complexo do Alemão, Rio de Janeiro. Além do papo com os alunos, ele assistirá e comentará os 3 curtas produzidos pelos oficineiros. O encontro está marcado para o dia 11 de junho (sábado), às 16hs, no Complexo do Alemão, na Rua Canitar, 827, Inhaúma.

Paulo Eduardo Oliveira de Vilhena Moraes. Mais conhecido como Paulinho Vilhena. Com trabalhos despretensiosos como modelo, o surfista nascido em Santos foi convidado para participar em 1998 de um especial de fim de ano da Rede Globo e de lá para cá se tornou um dos atores brasileiros mais queridos do país.

Entre algumas curiosidades de sua carreira, Paulinho já encarou em telenovelas papeis de vilão que tiveram que se tornar mocinhospela própria aceitação do público. Grande parte do seu currículo tem trabalhos emnovelas, que é uma obra aberta e permite esse tipo de mudança.

Teste 2

Foi só nos anos 2000, que Paulinho começou a trabalhar com cinema. Primeiro, com uma participação no filme Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida. Depois assumindo o protagonista do filme O Magnata. E assim conseguiu papeis em filmes como Chega de SaudadeAs Melhores Coisas do Mundo, ambos de Laís Bodanzky, e Quanto Dura o Amor?, de Roberto Moreira.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]