Moradores do Complexo do Alemão sofrem com a falta de manutenção nas praças

Ambiente que deveria ser de diversão para as crianças está abandonado
Praça quebrada e com falta de manutenção. Foto: Vilma Ribeiro/ Voz das Comunidades

O mês de julho é marcado pelas férias escolares e um dos ambientes de diversão para a criançada são as praças públicas, que com seus brinquedos proporcionam oportunidade de brincadeiras, atividades e também contato com outras crianças, mas essa não é a realidade do Complexo do Alemão, já que na localidade, várias praças estão em péssimo estado de conservação.

Em visita a mais de cinco praças da região, a equipe do Voz das Comunidades se deparou com abandono, brinquedos quebrados, sujeito e sem nenhuma criança brincando no local, devido a a falta de cuidado.

Várias praças estão em péssimo estado de conservação. Foto: Vilma Ribeiro/ Voz das Comunidades

Moradora do Condomínio da Paz, a auxiliar de serviços gerais, Luciana Alves, contou que não é de hoje que esse abandono existe. 

Teste 2

‘São 8 anos assim, desde que viemos morar aqui que não há manutenção nas praças, o balanço aqui está quebrado e foi devido à queda de uma árvore, e ninguém faz nada. Os próprios moradores que limpam e tentam organizar o ambiente’, contou ela.

Na praça que fica na Rua Horacio Picoreli, os moradores mais uma vez relataram abandono e descaso. Foto: Vilma Ribeiro/ Voz das Comunidades

E essa é uma reclamação que ecoa entre os moradores. Na praça que fica na Rua Horacio Picoreli, os moradores mais uma vez relataram abandono e descaso, segundo Jaqueline da Silva, as crianças não tem aonde brincar e que os brinquedos quebrados ainda podem causar machucados. ‘Isso está assim não é de hoje, manutenção nunca teve, ninguém olha para essas praças e várias estão assim. O balanço está quebrado, no escorrega tem até prego solto e tá assim, não tem aonde as crianças se divertirem’, disse ela.

Situações parecidas como essa foram vistas em mais de cinco praças da região, e o que os moradores pedem é socorro para que o local que hoje está abandonado volte a ser um ambiente de diversão e convívio entre as crianças.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]