Escola no Complexo do Alemão é assaltada e estudantes ficam sem aula

Foto: Taís Mendes/ O Globo
Foto: Taís Mendes/ O Globo

Instituição ficou alagada após assaltantes levarem hidrômetro e registro do colégio

Na última segunda-feira (14) a Escola Municipal Professor Mourão Filho ficou alagada por conta de um roubo. A diretora do colégio, Therezinha de Jesus, foi informada que o hidrômetro e o registro haviam sido levados e durante o feriado prolongado, ela saiu de sua casa para tomar as providencias devidas.

Segundo a diretora, os alunos ficarão sem aula até que a CEDAE, que deu um prazo de 48 horas, vá a unidade para recolocar o equipamento e normalizar o abastecimento.

Therezinha contou que assim que soube do assalto entrou em contato com a CRE (Coordenadoria Regional de Educação) responsável pela escola e com a CEDAE. O caso foi registrado na terça-feira, na 45ª DP (Alemão), que ficou responsável pela investigação do crime.

Teste 2

Câmeras de segurança da escola podem auxiliar a identificação do criminoso.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]