Alemão amanhece ao som de tiros e moradores denunciam abuso de poder

Desde o começo da manhã de hoje, policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), Batalhão de Ações com Cães (BAC), Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e CHOQUE realizam uma grande operação no Complexo do Alemão. Os relatos de tiros começaram por volta das 5h30 da manhã.

Muitos pais tiveram que voltar com seus filhos para casa após a Vila Olímpica Carlos Castilho e as escolas suspenderem as aulas por conta da troca de tiros que acontecia na região. O projeto de fotografia Olhar Complexo, também suspendeu as atividades. Militares e o Caveirão branco continuam circulando pelas comunidades e disparos ainda são ouvidos.

Moradores publicaram dezenas de denúncias nas redes sociais do Voz das Comunidades

Teste 2

A equipe do Voz das Comunidades entrou em contato com a UPP, mas até o fechamento da matéria não recebemos retorno.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]