Moradores do Alemão poderão se cadastrar no programa CarioCAD nesta quinta-feira

Iniciativa que leva assistência social às famílias de baixa renda, o serviço está previsto para iniciar às 9h da manhã na quadra da Praça do Terço, na Nova Brasília

Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio

Nesta quinta-feira (02) na comunidade da Nova Brasília, no Complexo do Alemão, Zona Norte da cidade, moradores poderão se cadastrar no serviço de assistência social da Prefeitura: o CarioCAD. O projeto desde fevereiro tem como objetivo encontrar famílias com renda igual ou abaixo de meio salário mínimo (R$550,00) e acrescentar elas ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. 

A ideia do iniciativa é alcançar quem não consegue chegar aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), levando esse serviço à população e, assim, facilitar o atendimento às famílias do Sistema Único de Assistência Social (Suas) com perfil elegível para acesso a programas de transferência de renda direta. 

O ônibus itinerante do CarioCAD já visitou outras favelas do Rio, e agora vai chegar no Alemão.
Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio

Sobre o atendimento

Teste 2

O serviço está previsto para começar por volta das 9h da manhã na quadra da Praça do Terço. Para se inscrever é necessário que o responsável familiar tenha, no mínimo, 16 anos, e deve apresentar pelo menos um documento para cada pessoa da família.

Os documentos são estes: CPF ou título de eleitor, documento de emissão nacional (carteira de identidade, carteira de trabalho ou certidão de nascimento), ou Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI), além de um comprovante de residência. Para outros membros da família, é exigido documento de emissão nacional e, no caso de crianças e adolescentes, a apresentação também de declaração da escola.

Podem se inscrever composições familiares com renda igual ou inferior a meio salário mínimo por pessoa ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. Através do Cadastro Único é possível acessar programas como Bolsa Família, Cartão Família Carioca, Carteira do Idoso, Aposentadoria de Baixa Renda.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]