Favelas em Madureira e Morro do 18 amanhecem com operações policiais

Duas escolas em Água Santa e uma em Madureira estão fechadas e ministrando aulas online

A manhã desta quinta-feira (07) começou mais uma vez com operações policiais em comunidades da zona norte do Rio. Os morros Congonha, Faz Quem quer e Cajueiro, em Madureira, estão com a presença de PMs na região. Ainda não há relato de tiros nas localidades.

Já no Morro do 18, em Água Santa, moradores relatam que ouviram tiros por volta das 6h e 7h da manhã. 

Em nota, a Secretaria de saúde afirma que os centros de saúde estão funcionando. No entanto, na clínica da família Amélia dos Santos Ferreira, em Água Santa, somente as visitas externas estão suspensas.

Teste 2

Já a Secretaria Municipal de Educação afirma que duas escolas em Água Santa e uma em Madureira estão fechadas. Contudo, essas unidades estão com aulas remotas.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]