Agentes da Polícia Civil realizam operação em Manguinhos

Tiros foram ouvidos por volta de 14h; até o momento, sabe-se que duas pessoas foram baleadas e levadas à UPA da comunidade
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na tarde desta terça-feira (18), moradores da comunidade de Manguinhos se assustaram com uma operação da Polícia Civil. O caveirão da CORE estava no local, além do helicóptero que estava realizando vôos rasantes na comunidade. De acordo com moradores, houve tiroteio na região.

Em vídeos compartilhados pelas redes sociais, é possível observar o helicóptero da polícia sobrevoando a comunidade da Zona Norte do Rio. A Av. Leopoldo Bulhões está interrompida nos dois sentidos devido a operação.

A equipe do Voz das Comunidades esteve presente na UPA de Manguinhos e conversou com moradores no local. Duas pessoas deram entrada na unidade de saúde. Um com um tiro nas costas e outro com tiro no pé.

Teste 2

Em nota, a Polícia Civil relatou que foi alvo de disparos enquanto cumpriam ocorrências na comunidade. Segundo a nota, viaturas da PC, DRF e DRFC foram atingidas enquanto cumpriam com ocorrencias. A nota ainda fala que, em uma terceira incursão, um comboio entrou em diligência na comunidade e também foram alvos de disparos. A nota finaliza dizendo que, com o confronto, foi solicitada a presença do helicóptero.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que ois homens adultos deram entrada na unidade da UPA Manguinhos, um em estado estável e o outro grave. A pessoa em estado grave acabou falecendo.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]